Morales promoverá ação judicial internacional contra Obama

Já era hora de governos tomarem atitudes contra a política prepotente americana. Depois que Dilma cancelou sua viagem oficial aos EUA, Evo Morales anunciou que o governo boliviano acusará Obama por crimes contra a humanidade, como espionagem, políticas de amedrontamento e intimidação, e por proibir que o avião do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, passe por Porto Rico em viagem à China.

Apesar de, muito provavelmente, não dar em muita coisa, é um sinal de que os governos latino-americanos não vão engolir esse tipo de atitude. Leia seu anúncio:

“Quero comunicar que, agora, com mais força, vamos preparar uma ação internacional nos tribunais para que Obama e seu governo sejam julgados por crimes contra a humanidade”.

“Este será o melhor instrumento legal para defender os direitos dos povos e dos Estados, porque, lamentavelmente, ele exagera com sua soberba e prepotência em seguir humilhando não apenas os presidentes e governos anti-imperialistas, mas também seus aliados, com espionagem”.

“Quando não respeitam as leis internacionais, lamentavelmente devo dizer que o presidente Obama e seu governo são criminosos que atentam contra a vida, contra os direitos e contra as normas internacionais”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s