Dois agentes do FBI envolvidos na prisão do suspeito mais novo do atentado de Boston morrem misteriosamente.

Dois membros do time que prendeu Dzhokhar Tsarnaev, o irmão mais novo dos dois suspeitos pelo atentado na Maratona de Boston, morreram na sexta-feira 17 enquanto estavam em treinamento.

Christopher Lorek e Stephen Shaw estavam praticando descida rápida de corda a um navio (estilo rappel no ar), mas o helicóptero – segundo a versão oficial – teria sofrido problemas e os dois acabaram caindo no mar, muito longe do navio. Eles estavam usando um navio emprestado da marinha, mas ninguém da marinha participou do exercício. Veja o obituário aqui.

Até agora, muitas pessoas que possivelmente “sabiam demais sobre o atentado de Boston” já morreram:

– o irmao mais velho, Tamerlan Tsarnaev
– o amigo dos irmãos, Ibragim Todashev
– o falso suspeito Sunil Tripathi
– o agente do FBI Christopher Lorek
– o agente do FBI Stephen Shaw
– sem contar que o irmão mais novo, Dzhokhar Tsarnaev, foi ferido na garganta e ficou impossibilitado de falar no momento da prisão

Muita gente, não? Estranho. É triste bater na mesma tecla da queima de arquivos, mas o padrão se forma naturalmente. Conforme Gordon Duff, editor sênior da Veterans Today disse à Press TV:

“Você sempre pode encarar como um infinito grupo de coincidências. (…) O que temos nos EUA que não reportamos, não temos a mínima liberdade de imprensa aqui. Existem elementos dissidentes poderosos dentro dos nossos militares, serviços de inteligência e governo que estão sob o controle de… Eu chamarei de crime organizado de maneira global. Se estamos falando de centenas de bilhões de dólares em narcóticos e trilhões de dólares em crimes financeiros, é simplesmente crime organizado.”

Isso lembra outra queima de arquivo envolvendo um acidente de helicóptero, aquele que matou os 20 agentes que participaram da missão que “teria matado” Bin Laden três meses antes. Já falamos sobre isso aqui. As famílias dos agentes culpam o governo americano por ter planejado o ataque que derrubou o helicóptero, dizendo inclusive que militantes do Taliban teriam recebido informações do governo dos EUA vazando o local de pouso, provocando, assim, um ataque proposital. Sem contar que aquele não era o tipo de missão que agentes do SEAL teriam e nem o tipo de helicóptero que usariam, que foi um Chinook da época do Vietnã em vez dos usuais helicópteros das Special Forces.

Agora, em que vocês acreditam: Teoria da Conspiração ou Teoria da Mera Coincidência?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s