Desmascarando a tirania financeira. Parte 4 – Conhecendo a história

A Ordem Maçônica é normalmente vista como uma ordem fraternal que ajuda instituições e promove reuniões chatas e cansativas. Mas não é assim. Nem os maçons de graus menores desconfiam do que acontece na “cúpula”.

Entretanto, em 1826, um homem chamado Capitão William Morgan tentou publicar os detalhes dos primeiros três graus da maçonaria para o público geral (Nota do blog: no rito escocês existem 33 graus).

O livro recebeu o nome de Ilustrações da Maçonaria por Alguém da Fraternidade que devotou Trinta Anos ao Assunto, e foi lançado por uma editora independente um ano depois. Os maçons sabem que qualquer um que revelar segredos da Ordem será assassinado. E foi o que aconteceu com Capitão Morgan. Naquele tempo, a maçonaria já dominava a mídia e o governo. Tal escândalo fez com que 45.000 maçons, completamente envergonhados da Ordem a que pertenciam, a abandonassem nos Estados Unidos, mais de 2.000 lojas fossem fechadas, e se iniciasse um enorme movimento político. Aqui está a foto de uma estátua erguida em homenagem ao Capitão Morgan, em Batavia, Nova York.

Por ter se transformado em uma ameaça à paz e à ordem, a maçonaria havia sido proibida em vários países da Europa. Mas não nos Estados Unidos. Outro livro que procurou revelar os segredos obscuros da maçonaria foi Luz na Maçonaria, de Elder David Bernard, que revela dados de todos os 33 graus. Segundo o autor, o alvo do grau 32 são os muçulmanos. Veja na passagem: “O objetivo ostensivo deste [trigésimo segundo] grau é a invasão da Terra Santa, e sua liberação dos infiéis. Isso deve ser conseguido unindo todos os maçons, antigos e modernos, sob um comando, e dirigindo-os em massa aos maometanos, que perversamente se estabeleceram naquela região sagrada.”

(Nota do blog: interessante aqui notar que Obama seria maçom do grau 32. Veja aqui.)

Em A Nova Cavalaria, o historiador Malcolm Barber explica:

“Foi durante os anos 1760 que os maçons alemães introduziram uma conexão Templária específica, alegando que a Ordem, através de sua ocupação do Templo de Salomão, tinha sido o repositório de sabedoria secreta e poderes mágicos, que James of Molay tinha entregado ao seu sucessor antes de sua execução e de que os maçons do século XVIII eram os herdeiros diretos.” (Nota do blog: sabedoria secreta e poderes mágicos, imagino que se referem à iniciação, os mistérios maiores do mundo).

Alguns maçons dizem que os iniciados do grau 32 são conhecidos como Cavaleiros Templários, e entram para a linhagem real – não por nascimento, mas por sua associação à Ordem.

Tudo o que você lê em Luz na Maçonaria para o grau final 33 é uma descrição sinistra de como é a sala onde “a obrigação” é aceita.

Assim que você entra, você vê as palavras “Deus meumque jus” sobre a porta. Podemos traduzir como “A Autoridade de Deus é minha”, ou “Deus é meu, assim como a Razão e a Autoridade”. (Nota do blog: ou “Deus é meu Direito”.) Um triângulo equilátero de vidro transparente desce antes de você entrar em um dossel de cortinas roxas. A sala é então dominada por um altar triangular, guardado por um esqueleto em tamanho real segurando um bastão maçônico e um punhal. Imagens de “Cabeças da Morte” e caveiras e ossos cruzados também são vistas. O oficial de maior patente, ou Três Vezes Poderoso Soberano, usa um manto vermelho-sangue com uma faixa preta. Ele tem uma coroa deslumbrante sobre a sua cabeça como um rei europeu – e carrega uma espada.

Quando Luz na Maçonaria foi escrita, só eram permitidos nove maçons de grau 33 para cada reino ou república.

Mas por que eles querem controlar a mídia, o sistema financeiro ou criar uma matriz de controle mundial?

Parece que a Maçonaria é apenas uma cobertura para a “Sociedade dos Homens”, referida no grau 32 – que despreza a religião, eleva seus mais altos membros ao nível da realeza, e diz “A Autoridade de Deus é Minha”. E pelo jeito eles foram espertos o bastante para não deixar que suas intenções finais ficassem explícitas nos juramentos e nas obrigações maçônicas.

De acordo com William T. Still em seu livro Nova Ordem Mundial: O Antigo Plano das Sociedades Secretas, existe um Grande Plano. Mas a que ele se refere? A Maçonaria possibilitou o sigilo necessário para um pequeno grupo ganhar o controle do planeta e de seus recursos.

É fato histórico documentado que Adam Weishaupt liderou um grupo na Baviera (hoje parte da Alemanha), que se chamava Illuminati – ou seja, Seres Iluminados. Ele teria sido pago para iniciar esse grupo por ninguém menos que Mayer Amschel Rothschild, em 1770.

Mayer Rothschild teria convocado uma reunião de outros doze homens ricos em sua casa em Frankfurt, Alemanha, em 1773. Lá, eles criaram uma estratégia de 25 pontos para o novo grupo Rothschild, “The Illuminati”. Assim, os Rothschild financiaram os Illuminati Bávaros.

Em um ato aparente de intervenção divina, um raio atingiu um mensageiro que estava indo para a reunião a cavalo, carregando a estratégia de 25 pontos no bolso interior do casaco. Ele foi morto instantaneamente.

As autoridades ficaram chocadas ao encontrar este documento. Todos os 25 pontos estão publicados, na íntegra, em vários sites. Não vou listar todos os 25, apenas os mais chocantes.

Lembre-se – isto não é uma teoria da conspiração, a posse deste documento foi um fato estabelecido, causando extrema preocupação no governo da Baviera.

# 6 Permanece invisível até o exato momento em que tenha ganhado tanta força que nenhuma astúcia possa miná-la ….# 7 “Sem o despotismo absoluto” não se pode governar de forma eficiente.# 8 Advogar o uso de bebidas alcoólicas, drogas, corrupção moral e todas as formas de vício, utilizadas sistematicamente por “agenteurs” para corromper a juventude.

# 10 Fomentar guerras, mas dirigir conferências de paz de modo que nenhum combatente ganhe terreno. Eles devem ser colocados em dívida e, portanto, em nosso poder.

# 12 Escolher candidatos a cargos públicos que serão servis e obedientes aos nossos comandos, para que possam ser facilmente usados como PEÕES NO NOSSO JOGO.

# 13 Usar a imprensa como propaganda para controlar todos os meios de informação pública, enquanto se mantém na sombra, livre de culpa.

# 14 Fazer as massas acreditarem que são presas de criminosos. Em seguida, restaurar a ordem para aparecer como os salvadores.

# 15 Criar pânico financeiro; usar a fome para dominar as massas.

# 18 Um Reino de Terror é a maneira mais econômica de trazer sujeição rápida.

# 20 Um GOVERNO MUNDIAL é o objetivo. Será necessário estabelecer monopólios enormes, por isso mesmo as maiores fortunas irão para o fundo junto com o crédito de seus governos.

# 23 Chamá-lo A NOVA ORDEM. Nomear um ditador.
Os candidatos a Illuminati eram quase sempre obtidos nas lojas Maçônicas. O Barão Von Knigge era um alto membro dos Illuminati, e começou a discordar de Weishaupt, que planejava incutir o ateísmo nos membros de graus inferiores. Com o passar do tempo, Von Knigge percebeu que o objetivo de Weishaupt era instilar a crença em um Lúcifer como uma divindade benevolente. Isso fez com que sentisse que a Ordem tivesse sido “pintada… com as cores do inferno” (Still, p.79).
Von Knigge saiu em 1783 e informou ao governo Bávaro sobre os perigos que os Illuminati representavam. O governo então baniu todas as sociedades secretas no ano seguinte. Entretanto, os Illuminati já tinham se juntado à maçonaria. E a Maçonaria Européia “Iluminada” mudou sua sede para Frankfurt, a cidade dos Rothschild, e ficou muito bem guardada sob seu controle.
Após a morte de Weishaupt em 1830, os Illuminati ficaram sob comando do italiano Giuseppe Mazzini, que era o mais alto membro da mais importante loja italiana, a Alta Vendita. Ela controlava as lojas francesas, inglesas e alemãs, e havia sido fundada por Karl Rothschild. O objetivo de Mazzini era unificar todos os círculos maçônicos ao redor do mundo. Em 1860, Mazzini escreveu para Albert Pike, o líder maçônico nos Estados Unidos, para discutir a possibilidade de incluir os EUA em um grupo internacional.
Nessa época, Pike estava tentando reagrupar a maçonaria americana, que havia sido prejudicada com o assassinato do Capitão William Morgan. Mas dez anos depois, Mazzini e Pike foram capazes de forjar um acordo para unificar todos os grupos maçônicos da Europa e América. Este acordo também permitiu que mais da filosofia dos Illuminati fosse misturada aos ensinamentos maçônicos dos graus mais altos.
Para entender esse acordo, algumas coisas precisam ser entendidas.

As crenças secretas dos Illuminati incluiam a idéia de que existe um “Grande Arquiteto” do Universo, dividida em duas polaridades – o Deus cristão, que eles chamavam de Adonai, e Lúcifer (Luz). Neste sistema, Lúcifer não é visto como “o cara mau” – apenas um dos dois aspectos Divinos do Grande Arquiteto. A idéia de Lúcifer caindo e tornando-se “Satanás” é rejeitada dentro dos ensinamentos internos dessa filosofia. Na Bíblia, Lúcifer originalmente aparece como o anjo maior e mais brilhante de todos. Iluministas acreditam Lúcifer foi expulso porque o Deus cristão era o cara mau.

Seus argumentos foram fundados sobre a realidade da igreja cristã naquela época: era uma instituição que suprimia a liberdade, a sexualidade e a investigação científica. A Igreja era o governo na época, e ela exigia obediência. (Nota do blog: nesse ponto de vista, podemos entender a rejeição que eles tinham com relação à instituição igreja. Mas isso não justifica a rejeição com relação aos ensinamentos cristãos, e o que os Illuminati fizeram com base em sua filosofia).
Em 1870, foi selado o acordo entre Mazzini e Pike. Este acordo levou mais dos ensinamentos Illuminati e luciferianos à maçonaria, com um novo rito que ensinava que a divindade é dual e Lúcifer é igual a Adonay.
Em 1889, Pike tinha ultrapassado Mazzini para se tornar o chefe da Maçonaria Mundial. O livro de Still revela que Pike e Mazzini fizeram importantes adições ao plano de como os “Illuminati” poderiam assumir o controle do planeta, financeira e politicamente. O plano era deliberadamente criar três guerras mundiais – com falsos pretextos. Duas dessas três dessas guerras aconteceram exatamente como o planejado. Houve tentativas por algum tempo de uma Terceira Guerra Mundial – uma batalha com um grupo de terroristas no Oriente Médio – mas ela ainda não aconteceu. No entanto, é óbvio que a luta para criar essa Terceira Guerra Mundial é uma questão presente nos dias de hoje. A “super-entidade” Federal Reserve ainda está seguindo o script como se fosse a Escritura. A carta de Mazzini que expôe esse plano foi mantida em plena vista por muitos anos na Biblioteca do British Museum.

Trecho do livro de Still:

“Mazzini propôs uma série de guerras mundiais. Essas guerras eram para envolver cada nação em um conflito tão sangrento e caótico que, no fim, todas as nações renderiam sua soberania nacional a um governo internacional, como a Liga das Nações, ou a segunda tentativa – a atual Nações Unidas – a fim de evitar derramamentos de sangue posteriores. A primeira dessas guerras mundiais, eles esperavam, derrubaria o governo czarista da Rússia e estabeleceria uma ditadura Iluminista – um novo nível no jogo de controle das populações. Isso daria os iluministas uma base segura a partir da qual operar, com uma população grande e vastos recursos naturais para alimentar o novo motor do Iluminismo. A Segunda Guerra Mundial permitiria a nova Rússia Soviética capturar a Europa – ou, como aconteceu, metade dela.  A Terceira Guerra Mundial seria no Oriente Médio entre os muçulmanos e os judeus, e traria o Armageddon bíblico. Certamente no final desta Terceira Guerra Mundial, as nações cansadas de batalhas estariam prontas para aceitar qualquer proposta, desde que prometesse paz, unindo o mundo inteiro sob a bandeira fatal da Nova Ordem Mundial luciferiana.
Tudo isso é fato documentado, histórico. Grande parte veio de membros que se afastaram do grupo e revelaram seu testemunho.

4 respostas em “Desmascarando a tirania financeira. Parte 4 – Conhecendo a história

  1. A maçonaria , nada mais é, do que o lado negro da força, que criou a imagem e todo o embrulho do natal, com seus presentes de grego. Se o mundo se encontra ainda hoje, tão INVOLUTIVO, com certeza, isso se deve aos ILUMINATIS, MAÇONS, ARCÔNTES, com a presença sempre atuante do SERVIÇO SECRETO AMERICANO. Namastê.

    • Ah! … já ia me esquecendo do VATICANO, DAS GRANDES CORPORAÇÕES FINANCEIRAS, MÉDICAS/FARMACÊUTICAS, ETC E TAL.

  2. Felizmente, meus irmãos, A ILUSÃO ESTÁ ENCERRADA. Finalmente, A LUA não pode mais emitir para nós a energia REPTILIANA, que por mais de 320 mil anos, nos controlaram, manipularam e extorquiram A GRANDE VERDADE DO ESPÍRITO QUE TUDO É. Tudo está mudando, aqui e agora, para o BEM MAIOR DE TODOS, embora isso não seja ainda perceptível pela esmagadora maioria, mas que o será em algum momento.Tudo está conspirando para que voltemos muito em breve para O LAR PRIMORDIAL DENTRO DO CORAÇÃO SAGRADO DE CADA SER VIVENTE EM GAIA..
    JESUS DISSE QUE NINGUÉM IRÁ AO PAI/MÃE, SENÃO, POR NÓS MESMOS, CADA QUAL, POR SI MESMO. TUDO SE REALIZA DENTRO DO DNA, NO CORAÇÃO SAGRADO, A MORADA DA PAZ SUPREMA.Por analogia, não devemos esperar por um SALVADOR EXTERNO, JÁ QUE SOMOS OS NOSSOS PRÓPRIOS MESTRES. Namastê.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s