Papa Francisco I. As profecias acertaram?

Ontem, dia 13 de março, o cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio foi eleito o novo papa da Igreja Católica Apostólica Romana. Vamos ver o que cada profecia falou sobre o novo – e possivelmente último – papa.

bergoglio

São Malaquias

Na perseguição final à sagrada Igreja Romana reinará 
Pedro Romano, que alimentará o seu rebanho entre muitas turbulências, sendo que, então, a cidade das sete colinas (Roma) será destruída e o formidável juíz julgará o seu povo. Fim.

Segundo a profecia de São Malaquias, que designou cada papa com uma frase em latim, o novo papa seria Pedro Romano. Mas o que Bergoglio tem a ver com Pedro Romano? Bem, Bergoglio adotou o nome de Francisco, que seria uma homenagem a Francisco de Assis. Porém, o verdadeiro nome de Francisco de Assis é Giovanni di Pietro di Bernardone, e ele era romano, já que nasceu no Império Romano.

Monge de Pádua

Ele chegará a Roma de uma terra distante para encontrar tribulação e morte.

Bergoglio vem de uma terra distante da Itália e, mais do que isso, é o primeiro papa das Américas e o primeiro papa não europeu desde 731. Vir de uma terra distante, então, é algo que o caracteriza. Segundo Bergoglio mesmo afirmou na sua primeira aparição pública como papa: “Foram buscar um Papa quase no fim do mundo.”

Nostradamus

Centúria I, Quadra 43
Antes que advenha a mudança de império
Virá um caso bastante maravilhoso
A fortaleza mudada, o pilar da rocha
Mas transmutado sobre o rochedo negro

Esta é uma das passagens que falam do famoso papa negro. A mudança de império pode ser tanto o fim da Igreja Católica (ou sua mudança de Roma para Jerusalém) , quando à mudança do papa Bento XVI para o novo papa, Francisco I. O caso maravilhoso, então, seria a renúncia de Bento XVI. A rocha é o papa, que se transmutou sobre o rochedo negro, ou seja, o papa negro. Mas o que Bergoglio tem a ver com papa negro? Em um post anterior, escrevi que o “negro”, mais do que se referir à cor de pele, estaria se referindo a uma ordem negra. Então, Bergoglio é o primeiro papa jesuíta da história. É fato escrito e comprovado que os jesuítas cometeram algumas das maiores atrocidades da história, como o extermínio de protestantes e carnificinas em civilizações colonizadas. É, nesse ponto de vista, uma ordem negra. Mas, mais do que isso, o líder dos jesuítas é chamado de papa negro (Black Pope), e usa uma batina preta. Considerando que o líder dos jesuítas tem autoridade sobre os demais, a igreja poderia acabar sendo governada pelo papa negro por trás dos panos.

Podemos dizer que as profecias acertaram? Sim. Alguns podem argumentar que é tudo questão de coincidências. Mesmo assim, não podem dizer que estavam erradas. Certeza mesmo só vamos ter quando comprovarmos – ou não – que Francisco é o último papa da Igreja Católica em Roma.

About these ads

25 respostas em “Papa Francisco I. As profecias acertaram?

  1. Estou de acordo, ainda falta alguns passos até Francisco I vir a ser o Papa, até colocarem a coroa ele ainda não é. Espero que tudo se resolva e se concretize o mais pronto possivel.
    N.O.W… poucos intenderão.

    • Esse é um grande diparate seu. Se alguns jesuítas podem ter dado cobertura a actos menos bons, outros foram notáveis. Estou a pensar no caso do Padre António Vieira (jesuíta), que na qualidade de missionário, defendeu infatigavelmente os direitos dos povos indígenas, combatendo a sua exploração e escravização e fazendo a sua evangelização. Era por eles chamado de “Paiaçu” (Grande Padre/Pai, em tupi).

      António Vieira defendeu também os judeus, a abolição da distinção entre cristãos-novos (judeus convertidos, perseguidos à época pela Inquisição) e cristãos-velhos (os católicos tradicionais), e a abolição da escravatura. Criticou ainda severamente os sacerdotes da sua época e a própria Inquisição.
      Para além de ser um grande orador, foi um grande escritor. Fernando Pessoa,
      chamou-lhe “Imperador da Língua portuguesa”.

      • Satanás se veste de anjo bom ,se qualquer um mesmo um jesuíta foce verdadeiramente contra a maldita inquisição o mesmo seria morto sem piedade . Tem muita coisa errada na história desse padre , depois todos os afiliados também carregam culpa da participação ativa ou passiva .

      • O “mal” não é o papa Francisco em si, ele é apenas um marco de profecias para o aviso da chegada daquele que enganará multidões e afrontará estas mesmas multidões a partir da saída da sede da Igreja Católica de Roma pelo próximo papa que governará já fora do Vaticano e prosseguirá com o mesmo compromisso, a mesma linha, do atual Papa Francisco que dará espaço ao mal e não ele. O último papa é Francisco, em Roma, mas, são dois com laço a Pedro, um em Roma que deixará o cargo sob fortes conflitos(?), atribulações para o novo Pedro (Peter) que receberá o cargo ainda em Roma (2019, 2020? – Antes destes possíveis anos, o ex-papa Bento XVI falece, já pela mesma fragilidade da saúde e por pressões que o fez a humildade de abdicar de seu cargo, de forma inusitada na Igreja) mas, governará já fora dela em outra sede nova prosseguindo a mesma missão sob proteção de forças militares em local mais seguro de acesso livre pleno ao restante dos ocidentais, e no caso, aos EUA. O próximo, terá a proteção das lideranças do Ocidente, EUA e Inglaterra, …, que virá provavelmente novamente Jesuíta e ligados a estes, contra o Oriente, Islâmico, e permitirá aquele do qual virá, de origem oriental, Tibetana, Indiana e Iraniana, com formação no ocidente (Inglaterra?) e que no fim escancarará as portas da Igreja, e a mortes de cristãos e destruição, novamente, agora a partir da nova sede. A Serpente que serpenteia pelo céu em forma de cometa, será o sinal em meio a estes acontecimentos! (2036, 2037?).

    • O “mal” não é o papa Francisco em si, ele é apenas um marco de profecias para o aviso da chegada daquele que enganará multidões e afrontará estas mesmas multidões a partir da saída da sede da Igreja Católica de Roma pelo próximo papa que governará já fora do Vaticano e prosseguirá com o mesmo compromisso, a mesma linha, do atual Papa Francisco que dará espaço ao mal e não ele. O último papa é Francisco, em Roma, mas, são dois com laço a Pedro, um em Roma que deixará o cargo sob fortes conflitos(?), atribulações para o novo Pedro (Peter) que receberá o cargo ainda em Roma (2019, 2020? – Antes destes possíveis anos, o ex-papa Bento XVI falece, já pela mesma fragilidade da saúde e por pressões que o fez a humildade de abdicar de seu cargo, de forma inusitada na Igreja) mas, governará já fora dela em outra sede nova prosseguindo a mesma missão sob proteção de forças militares em local mais seguro de acesso livre pleno ao restante dos ocidentais, e no caso, aos EUA. O próximo, terá a proteção das lideranças do Ocidente, EUA e Inglaterra, …, que virá provavelmente novamente Jesuíta e ligados a estes, contra o Oriente, Islâmico, e permitirá aquele do qual virá, de origem oriental, Tibetana, Indiana e Iraniana, com formação no ocidente (Inglaterra?) e que no fim escancarará as portas da Igreja, e a mortes de cristãos e destruição, novamente, agora a partir da nova sede. A Serpente que serpenteia pelo céu em forma de cometa, será o sinal em meio a estes acontecimentos! (2036, 2037?).

      • O “mal” não é o papa Francisco em si, ele é apenas um marco de profecias para o aviso da chegada daquele que enganará multidões e afrontará estas mesmas multidões a partir da saída da sede da Igreja Católica de Roma pelo próximo papa que governará já fora do Vaticano e prosseguirá com o mesmo compromisso, a mesma linha, do atual Papa Francisco, que dará espaço ao mal e não ele. O último papa é Francisco, em Roma, mas, são dois com laço a Pedro, um em Roma que deixará o cargo sob fortes conflitos(?), atribulações (terrorismos, fundamentalismos, ultra conservadorismos, antiocidentalismos, intolerâncias, …, contra a Igreja e a postura do Papa) para o novo papa Pedro (Peter) que receberá o cargo ainda em Roma (2019, 2020? – Antes destes possíveis anos, o ex-papa Bento XVI falece, já pela mesma fragilidade da saúde e por pressões que o fez a humildade de abdicar de seu cargo, de forma inusitada na Igreja) mas, governará já fora dela em outra sede nova prosseguindo a mesma missão sob proteção de forças militares em local mais seguro de acesso livre pleno ao restante dos ocidentais, e no caso, aos EUA. O próximo, terá a proteção das lideranças do Ocidente, EUA e Inglaterra, França?, Itália?, …, que virá provavelmente novamente Jesuíta e ligados a estes, contra o Oriente, Islâmico, e permitirá aquele do qual virá, de origem oriental, Tibetana, Indiana e Iraniana, com formação no ocidente (Inglaterra?) e que no fim escancarará as portas da Igreja, e a mortes de cristãos e destruição, novamente, agora já a partir da nova sede. A Serpente que serpenteia pelo céu em forma de cometa, será o sinal em meio a estes acontecimentos! (2036, 2037? – segundo as agências aeroespaciais, o Cometa Apophis passará próximo pela Terra em 2029 e em 2036, neste último, raspando na atmosfera terrestre).

    • O “mal” não é o papa Francisco em si, ele é apenas um marco de profecias para o aviso da chegada daquele que enganará multidões e afrontará estas mesmas multidões a partir da saída da sede da Igreja Católica de Roma pelo próximo papa que governará já fora do Vaticano e prosseguirá com o mesmo compromisso, a mesma linha, do atual Papa Francisco, que dará espaço ao mal e não ele. O último papa é Francisco, em Roma, mas, são dois com laço a Pedro, um em Roma que deixará o cargo sob fortes conflitos(?), atribulações (terrorismos, fundamentalismos, ultra conservadorismos, antiocidentalismos, intolerâncias, …, contra a Igreja e a postura do Papa) para o novo papa Pedro (Peter) que receberá o cargo ainda em Roma (2019, 2020? – Antes destes possíveis anos, o ex-papa Bento XVI falece, já pela mesma fragilidade da saúde e por pressões que o fez a humildade de abdicar de seu cargo, de forma inusitada na Igreja) mas, governará já fora dela em outra sede nova prosseguindo a mesma missão sob proteção de forças militares em local mais seguro de acesso livre pleno ao restante dos ocidentais, e no caso, aos EUA. O próximo, terá a proteção das lideranças do Ocidente, EUA e Inglaterra, França?, Itália?, …, que virá provavelmente novamente Jesuíta e ligados a estes, contra o Oriente, Islâmico, e permitirá aquele do qual virá, de origem oriental, Tibetana, Indiana e Iraniana, com formação no ocidente (Inglaterra?) e que no fim escancarará as portas da Igreja, e a mortes de cristãos e destruição, novamente, agora já a partir da nova sede. A Serpente que serpenteia pelo céu em forma de cometa, será o sinal em meio a estes acontecimentos! (2036, 2037? – segundo as agências aeroespaciais, o Cometa Apophis passará próximo pela Terra em 2029 e em 2036, neste último, raspando na atmosfera terrestre).

  2. Cada pessoa comenta sobre determinados assuntos de acordo com o que acredita. Então, se postarem sobre religião, muitas serão as discussões envolvidas. Com toda certeza, respeito todas as opiniões! Até admiro… mas estas precisam ter fundamentos! Pelo que li, as profecias não erraram… tudo é questão de interpretação. E a interpretação do blog foi muito cabível, pois não se baseia em “asNeira”, baseia-se em pesquisas fundamentadas. Então, do meu ponto de vista, coincidência é bem diferente de profecia. De fato, tudo se encaixou, e a agenda continua…

    • Não estamos falando sobre o Império Bizantino. Mas sim sobre o Sacro Império Romano-Germânico, que abrangia Assis na época de São Francisco de Assis, como você pode ver na própria biografia do santo:

      http://www.e-biografias.net/sao_francisco_de_assis/

      Então, São Francisco era, sim, romano, porque nasceu no Sacro Império Romano-Germânico. Naquela época não existia Itália, ainda. Sobre o Sacro Império Romano-Germânico:

      http://www.euratlas.net/history/europe/1200/index.html

      Aliás, Assis foi fundada pelos romanos:

      “Os romanos tomaram o controle da Itália central em 295 A.C. Eles construíram o município de Asisium (Assis). Ruínas romanas ainda podem ser encontradas em Assis.”

      http://en.wikipedia.org/wiki/Assisi

      • Não estamos falando sobre o Império Bizantino. Mas sim sobre o Sacro Império Olá!

        Só restaram algumas dúvidas:

        1 – O fato de uma região estar sob um Império não faz necessariamente com que os moradores dessa região sejam cidadãos deste Império. Exemplo: Jesus nasceu num local dominado pelo Império Romano, mas ele NÃO ERA ROMANO. Os indígenas brasileiros não são PORTUGUESES por causa do Tratado de Tordesilhas. Tão pouco, Francisco de Assis seria romano porque o Sacro Império estava ali naquele tempo.
        2 – Você disse que “naquela época não existia Itália, ainda”. Se você ler o livro de Atos e Hebreus (Bíblia Sagrada), a região é chamada de Itália. Ela passou por transformações, claro, esteve sob vários domínios.
        3 – O mapa que você me enviou,

        http://www.euratlas.net/history/europe/1200/index.html

        mostra que Assis se encontrava FORA do Holy Roman Empire. Ela está numa área chamada Papal States (sob jurisdição papal). Portanto, ele não nasceu no Império Romano, nem era romano.
        3 – Ok, “Assis foi fundada pelos romanos”, assim como minha cidade, São Luís, foi fundada por franceses. No entanto, não sou francês. Qualquer profecia que diga que eu seria francês estaria equivocada (a mesma linha de pensamento vale para eu dizer que você é português, porque o Brasil foi fundado por portugueses…)
        Bom, acho que a profecia pode estar certa, de algum outro jeito, mas não vejo como o “Romano” de Pedro Romano ter alguma relação com “o lugar onde Francisco de Assis nasceu”. Não há como provar isto.
        Grato.

    • Como disseste Jamerson — Francisco de Assis nasceu no Império Romano do Oriente! Império Bizantino era apelido em homenagem ao grande Imperador Bizâncio. O império Romano original foi dividido em dois em 395, em Império Romano de Ocidente e do Oriente. O do Ocidente teve fim em 476 e o do Oriente em 1453. Portanto quem nascia no Império Romano do Oriente (Império Bizantino) era Romano.

      Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Imp%C3%A9rio_Romano

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Imp%C3%A9rio_Bizantino

  3. Caro Jameson, obrigada por seus comentários. Aqui, a resposta a eles:

    1 – O fato de uma região estar sob um Império não faz necessariamente com que os moradores dessa região sejam cidadãos deste Império. Exemplo: Jesus nasceu num local dominado pelo Império Romano, mas ele NÃO ERA ROMANO. Os indígenas brasileiros não são PORTUGUESES por causa do Tratado de Tordesilhas. Tão pouco, Francisco de Assis seria romano porque o Sacro Império estava ali naquele tempo.

    RESPOSTA: Na época de Jesus, somente as pessoas nascidas em Roma possuíam o título de Cidadão Romano. Entretanto, no século 212d.c, o imperador romano Caracalla estendeu esse título a todas as pessoas que nascessem em países ou regiões sob o domínio do Império Romano. Neste caso, podemos dizer que Francisco de Assis era romano.

    2 – Você disse que “naquela época não existia Itália, ainda”. Se você ler o livro de Atos e Hebreus (Bíblia Sagrada), a região é chamada de Itália. Ela passou por transformações, claro, esteve sob vários domínios.

    RESPOSTA: A região sim se chamava Itália, digo que nao existia como Estado constituido, já que seus estados e ilhas só foram unificados em 1861.

    3 – O mapa que você me enviou, mostra que Assis se encontrava FORA do Holy Roman Empire. Ela está numa área chamada Papal States (sob jurisdição papal). Portanto, ele não nasceu no Império Romano, nem era romano.

    RESPOSTA: Durante séculos, a briga era para ver se os Estados Papais eram subordinados ao Sacro Império Romano ou o contrário. Nunca houve um consenso, nem mesmo naquela época. A favor da profecia, temos o fato de que a capital dos Estados Pontifícios era Roma, e, mesmo se não existisse Sacro Império Romano, é possível que as pessoas nesse território fossem chamadas de romanas, apesar de eu não ter conseguido confirmar isso ainda (Assis era a cidade, mas como é chamado quem nasce nos Estados Pontifícios?) De qualquer forma, também é possível que naquela época os Estados Pontifícios fossem subordinados ao Império.

    4 – Ok, “Assis foi fundada pelos romanos”, assim como minha cidade, São Luís, foi fundada por franceses. No entanto, não sou francês.

    RESPOSTA: Concordo com você, coloquei apenas como referência.

    Agradeço pelos questionamentos. O objetivo do blog não é impor um ponto de vista, mas levantar pequenas dúvidas para que, com elas, debatendo e questionando, possamos chegar à verdade. Grata pela colaboração!!

  4. interessante a sua colocação, nos propõe uma linha de raciocínio, uma perspectiva que não passou em minha mente. Obrigada.

  5. Rocha Negra não e Papa Jejuita, mas sim Deus há de transferir o Reinado a Nacao rejeitada – a Africa conforme comprometera Jesus Cristo no livro de S. Mateus 21:

    Se quiseres mais informações investiga onde a nova Jerusalém em Africa ( NKAMBA).

    Se os Judeus não acreditam em Jesus Cristo – como e que a palavra de Cristo vai ser transferido para la?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s